Início > Literatura > O Intérprete Grego

O Intérprete Grego

Posto aqui uma formidável passagem que se encontra no livro “Memórias de Sherlock Holmes” no conto “O Intérprete Grego”, de Sir Arthur Conan Doyle, na qual Watson narra uma conversa entre o detetive, Sherlock Holmes, e seu irmão, Mycroft Holmes, que Sherlock o considera melhor em dedução do que ele próprio.

“– […] Veja que tipos magníficos! Repare naqueles dois homens que estão caminhando na nossa direção, por exemplo.

– O marcador de bilhar e o outro?

– Exatamente. O que acha do outro?

Os dois haviam parado diante da janela. Marcas de giz sobre o bolso do colete eram os únicos sinais de bilhar que notei num deles. O outro era um homem baixinho e moreno, chapéu inclinado para trás e vários pacotes debaixo do braço.

– Um velho soldado, parece-me – disse Sherlock.

– E recentemente reformado – observou o irmão

– Serviu na Índia, pelo que vejo.

– Como oficial não-comissionado.

– Artilharia real, imagino – disse Sherlock.

– E viúvo.

– Com filhos, meu caro rapaz. Com filhos.

– Ora, isso é demais – protestei, rindo. […]”

Genial e com muito bom humor.

Visite o blog completo

Confira o CONTEÚDO DO BLOG por ordem de popularidade

Veja mais críticas

Anúncios
Categorias:Literatura
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: