Início > Mundo > É preferível ser drogado do que ateu, segundo os brasileiros

É preferível ser drogado do que ateu, segundo os brasileiros

É o que revela uma pesquisa realizada pela Fundação Perseu Abramo ao perguntar aos entrevistados, de 150 municípios em 25 diferentes estados nas 5 macrorregiões do país, o que sentiam normalmente ao ver ou encontrar desconhecidos de diferentes “grupos de pessoas”. Os ateus tiveram um resultado de 42% de rejeição, sendo que 17% das pessoas sentiriam repulsa ou ódio e 25% antipatia. Seguindo os ateus encontram-se os usuários de drogas com 41% de rejeição, sendo 17% repulsa ou ódio e 25% antipatia.


É compreensível o resultado de intolerância aos usuários de drogas (quando digo compreensível não significa que apoio ou que é certo) devido às consequências que causa para a  sociedade, família etc. Não é raro vermos notícias na TV de usuários que acabam assassinando por causa do vício, roubando, causando um caos na família entre outras mazelas, e isso acarreta, inexoravelmente, num entendimento social de que o drogado é prejudicial para a sociedade. É compreensível também que haja repulsa aos ex-presidiários (novamente, quando digo compreensível não significa que apoio ou que é certo), visto que eles já causaram, de uma forma ou de outra, mal para a sociedade.

O que é incompreensível é que os ateus estejam no topo da lista, ganhando disparadamente dos ex-presidiários, por exemplo, de 42% a 21%, o dobro de rejeição. Os ateus só perderiam, talvez, se o Maluf tivesse sido incluído na pesquisa e ela tivesse sido realizada apenas no estado de São Paulo. Por que será que o brasileiro, em média, se sente mais a vontade quando conversa com alguém que já cometeu um crime do que uma pessoa que não acredita em deus? O fato de uma pessoa não ter fé a faz pior que as outras? É o mesmo que dizer que alguém com sistema imunológico incapaz de combater infecções é pior que as outras pessoas (como disse outros incompreensíveis 9%). Assim como HIV positivos são incapazes de realizar uma defesa imunológica específica a antígenos, os ateus (nós ateus) são incapazes de ter fé. Ateus não conseguem acreditar.

Eu penso que alguns fatos possam ajudar a esclarecer um pouco esse resultado. Quando acontece algum crime hediondo, invariavelmente vemos as pessoas comentando na rua ou na TV “ele não tem Deus no coração”. Essa frase, dita, geralmente, de maneira automática, reflete um pensamento mais intrínseco da pessoa, de que a “ausência de Deus no coração” é um pré-requisito para ser mau. Há também quem afirme que um ateu não é capaz de discernir o “bem do mal”, o “certo do errado”, de que ateus são amorais. Isso está longe da verdade, sendo que uma pesquisa revelou que a porcentagem de ateus em prisões federais nos Estados Unidos é de 0,209% (pesquisa AQUI) em contraste com o estimado de 1% da população geral. Gostaria que essas pessoas analisassem melhor esse tipo de pensamento, afinal, você só não mata alguém por que “não matarás” é um dos 10 mandamentos? Se for isso, você está longe de ser uma pessoa boa.

Outro fato que pode colaborar é que muitas pessoas imaginam o ateísmo como uma seita, acham que ateus são organizados como igrejas. O termo ateu existe para definir a pessoa que não acredita em deus. Fora isso nós ateus somos um grupo bastante heterogêneo, com pensamentos e posições diferentes em relação a qualquer coisa, seja política ou economia. Alguns também acham que além de uma organização, os ateus são organizados para combater Deus em serviço do Satanás. Não é muito raro ver pessoas com essas opiniões. Ateísmo não é uma filosofia de vida e isso tudo pode acarretar numa visão distorcida do panorama geral.

Não entendo o que há de tão repulsivo num ateu para uma pessoa não querer sequer ser apresentada a um. Nunca li nem ouvi relatos de pessoas reclamando de serem abordados por ateus no meio da rua tentando convertê-las, mas já aconteceu muito do contrário, inclusive comigo, inúmeras vezes. Também nunca houve uma atrocidade ocorrida “em nome do ateísmo”, até porque, como eu já disse, ateísmo não é uma filosofia. Os descrentes, em geral, não estão interessados em atacar nenhuma religião ou profanar os símbolos sagrados da maior parte da humanidade.

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostrou que 53% das pessoas não votariam numa pessoa para presidente baseado unicamente no fato da pessoa não acreditar em Deus:

NÃO VOTARIAM PARA PRESIDENTE SE O CANDIDATO FOSSE:
CATÓLICO
4%
NEGRO
5%
JUDEU
7%
MULHER
11%
HISPÂNICO
12%
MÓRMON
24%
CASADO PELA TERCEIRA VEZ
30%
72 ANOS DE IDADE
42%
HOMOSSEXUAL
43%
ATEU
53%

Isso mostra que o preconceito aos ateus não está presente apenas no terceiro mundo. E mostra também que os ateus não são grupo muito considerado pelos governos, visto que, no Brasil, na última pesquisa do IBGE sobre qual a crença dos brasileiros, apenas colocaram a opção “não possui religião”, mas não colocaram “não possui crença”. Isso mostra também indiferença aos ateus.

Esse resultado evidencia, entre outras coisas, o tamanho da ignorância do povo brasileiro, da ausência de pensamento crítico e de discernimento moral, que é reflexo do nosso falido sistema de educação, que não incentiva a integração de tudo e todos, o respeito ao pensamento alheio e a suas escolhas.

Visite o blog completo

Confira o CONTEÚDO DO BLOG por ordem de popularidade

Veja mais críticas

Anúncios
Categorias:Mundo
  1. BEN
    dezembro 15, 2009 às 14:59

    Quanto á pesquisa que fala sobre ateus, eu só tenho uma coisa a dizer: É UMA PENA QUE A MAIORIA DA POPULAÇÃO SEJA BURRA E FALSO MORALISTA!!!

  2. dezembro 16, 2009 às 10:08

    Sou ateu também.

    Confesso que fiquei assustado com o resultado dessa pesquisa. Não imaginava quão raivosas ficavam as pessoas quando eu discutia sobre a vida, o universo e tudo mais.

    Eu concordo que a sociedade (brasileira principalmente) seja falso moralista, mas não acho que seja certo acusá-las pela ignorância.

    As pessoas nascem em um meio onde a religião e o tal Deus está intrinseco. É fato que a maioria vai absorver a idéia e repudiar quem é diferente. É normal do ser humano repudiar o que é diferente, ainda mais quando isso fere diretamente todas as suas crenças.

    Gostei bastante do texto, explica muito bem o que acontece comigo (conosco né!?) por aí.

    Abraço.

  3. Kaio
    janeiro 15, 2010 às 07:01

    Eu ja fui teista praticante, graças a deus hoje sou ateu…bem mais vivo que antes.
    O problema do preconceito aos ateus é a pura ignorancia.

  4. BEN
    fevereiro 2, 2010 às 13:19

    Aqui tem outro artigo bem interessante para se ler:
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/helioschwartsman/ult510u608704.shtml

  5. Felipe Queiroz
    novembro 13, 2010 às 17:20

    Eu sou ateu e também acho preocupante essa pesquisa, mas deixa pra lá, se estivermos indo pelo caminho certo logo esses religiosos serão uma minoria e o mundo vai ser um lugar melhor.

  6. Janho
    janeiro 12, 2011 às 02:32

    Os ateus se acham donos da verdade, não aceitam opiniões diferentes, pensam nos religiosos como pessoas burras e idiotas, e não se pode começar a conversar sobre qualquer opinião que logo tem um idiota que grita bem alto “sou ateu”, como se isso fizesse dele uma pessoa superior. Ah claro, isso quando eles não chingam diretamente aos grandes profetas.
    Eu adimito que não gosto desse tipo de ateu, quanto aos outros, é indiferente a minha opinião.

    • girsaum
      janeiro 12, 2011 às 14:28

      Vc está generalizando e sendo tão preconceituoso como vc diz ser os ateus que está atacando.

      Seu argumento é inócuo, pois posso falar o mesmo que vc falou só que usando religiosos no lugar de ateus.

      Há muitos religiosos também que se acham os donos da verdade, até mesmo sobre outros religiosos, porque seguem a “religião verdadeira”, não aceitam opinões diferentes, e acham que todos que não seguem a sua religião são pessoas burras, idiotas e VÃO PARA O INFERNO. E não se pode começar a conversar sobre qualquer opinião que logo tem um idiota que grita “EU SOU DE JESUS”, como se isso fizesse dele uma pessoa superior. Ah claro, isso quando eles não Xingam, (com x) diretamente qualquer pessoa que não seja da sua religião.

      Não podemos deixar de lembrar dos religiosos que generalizam, como você. Eles estão no cerne do preconceito e auxiliam na sua disseminação, ajundando a dificultar o bom entendimento entre as partes, que resultaria numa melhor vida para todos.

      Abraços

      • Janho
        janeiro 15, 2011 às 01:29

        Eu também não gosto dos religiosos que generalizam e que ficam falando que você vai pro inferno, e não sou um desses.

        Mas sabe qual a diferença desses religiosos pros ateus? Esses religiosos sempre procuram fazer o bem e tentar ajudar aos outros a seguir o caminho que lhes parece certo, mesmo que não consigam (e muitos não conseguem). Eles também insultam os outros sim, mas é porque na concepção dele isso é o correto, e ele só quer te ajudar a ir pro paraíso. Já os ateus… eles ofendem os outros só para irritar mesmo. Entende a diferença? Um erra por ignorância, o outro por que lhe agrada. Os religiosos tentam propagar sua religião pra salvar mais pessoas, agora e os ateus, por que eles propagam o ateísmo? Para gerar caos.

        Claro… tem os religiosos que usam da religião pra se enriquecer, mas esta é uma pequena parcela. Afinal, nem todo mundo é pastor, padre e etc.

        E chingar uma pessoa é uma coisa. Agora, chingar alguém/algo por quem essa pessoa tem muito respeito é uma coisa totalmente diferente e pior. Você pode até ver religiosos chingando uns aos otros, mas raramente verá religiosos chingando o profeta dos outros.

        É por isso que apesar de também serem desagradaveis, eu prefiro estes religiosos do que os ateus.

      • girsaum
        janeiro 15, 2011 às 15:35

        Vc está sendo novamente preconceituoso e eu acho que vc nem percebe, e está generalizando novamente.

        Primeiramente, fazer propaganda do ateísmo não é o mesmo que propagá-lo, é apenas mostrar àquele ateu que está quieto, sem se declarar ateu, que existem várias pessoas iguais a ele e que apenas com uma união maior e com a exposição de nossa existência poderemos vencer o preconceito que permeia as mentes da grande maioria dos cidadão brasileiros. Que permeia a sua mente

        É sempre assim, quando se fala de religião tudo bem, agora não se pode falar em ateísmo que é uma afronta. Gerar o caos aonde? O caos só é gerado porque muitos religiosos não aceitam discutir sobre nada ligado à religião deles e acusam os ateus de todos os males do mundo, como fez o Datena a pouco tempo. A ignorância reside em não aceitar em hipótese alguma a opinião alheia.

        Já parou para pensar que há propaganda religiosa em todos os meios possíveis e imagináveis? que há menção religiosa em todas nossas cédulas de real? Agora, se houvesse na nota de 2 reais, por exemplo, a menção “Não há deuses” ou algo do gênero, seria para gerar o caos.

        A propaganda ateísta (que, aliás, quase não existe pois é sempre proibida) visa despertar os ateus para se exporem e mostrar que somos tão humanos como qualquer pessoa e que isso sendo claro, gerar uma HARMONIA, e não o caos, entre a população. Mesmo com todos os contras, seguimos nossa luta contra a estupidez do preconceito, contra essa ignorância que chega da forma mais patética através de sua última frase. Só tenho a lamentar por ter que discutir com tantas mentes minúsculas.

        Abraços.

  7. bruno
    janeiro 16, 2011 às 13:37

    Crentes sao “mentes fechadas”, os que nao sao viram ateus, simples.

  8. Antonio
    abril 15, 2011 às 01:28

    Ateus que são Ateus de fato n se preocupariam com pesquisas, meu ponto de vista sobre esta questão é inversamente proporcional a própria pesquisa, por mim essa baixa sociedade judaico-cristã que continuem com seus sensacionalismos religiosos no pequenino mundo jesuítico deles, pouco me faz diferença o que estes pensam sobre mim. Durmo e acordo todos os dias feliz e satisfeito por ter um lar, trabalhar e estudar, busco conhecimento para não fortalecer somente meu progresso como ser humano mais também o do meu próximo, independente de seu credo religios, busco ser justo e correto sempre tanto em questões sociais quanto pessoas (afetivas). Minha repulsa está diretamente ligada ao cristianismo, não respeito está doutrina nem tão pouco acredito nela. Sou Ateu desde os 15 anos quando por vontade própria parei de ser cristão e ao inves de seguir busquei entender o q exatamente estava seguindo.

  9. Marcelo Carriel
    janeiro 16, 2017 às 09:34

    Marcelo Carriel. Janeiro de 2017. Creia em Deus e Creia no Senhor Jesus. Aquele que crer e for Batizado Será Salvo. Quem não crer será Condenado. Simples! Leiam a Biblia Sagrada! Deus existe. É um Só Deus. A Palavra de Deus É Verdadeira. Quem não crer Nele Não tem parte com Ele. Simples! Deus É Simples. O ser humano é que é Complicado! Cheio de Estereótipos. Filhinhos Creiam em Deus e no Senhor Jesus e será Salvo tu e tua casa. Disse Jesus: “Eu sou o Caminho, A Verdade e A Vida. Ninguém vem ao Pai senão por Mim”. Meus amigos a Verdade é o Senhor Jesus. Abraços. Deus Abençoe a todos que lerem essa memsagem.

    • girsaum
      novembro 10, 2017 às 09:38

      Aceite as diferenças. Tem muita gente com outras crenças que acreditam em outro deus ou outros deuses e têm tanta certeza que estão certos quanto vc.

      Abraços

  10. eduardo greco
    março 19, 2017 às 10:39

    Ja convivi comateu,sao pessoas terriveis e se fazem de maravilhosas ,são intolerantes,antipaticos e vivem atacando quem cre em Deus sem parar um instante

    • girsaum
      novembro 10, 2017 às 09:37

      Já convivi com alguns cristãos que batem categoricamente com essa descrição que vc fez, se fazem de pessoas maravilhosas, são intolerantes, antipáticos e vivem atacando qualquer pessoa que não compartilha da mesma crença sem parar um instante.

      Abraços.

  11. eduardo greco
    março 19, 2017 às 10:41

    Um rapaz era ateu convicto e deixou de ser ateu em uma palestra de um ateu ,ele tomou o microfone e começou a contar que ate aquele momento era contra Deus mas aos ouvir um ateu falando ,ele começou a entender o erro cometido.

    • girsaum
      novembro 10, 2017 às 09:35

      Duvido da veracidade dessa história mas, mesmo se fosse verdade, isso provaria a existência de algum deus?

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: