Archive

Archive for agosto \02\UTC 2010

O Preconceito de Datena

agosto 2, 2010 2 comentários

Como este visa a ser um Blog de alto nível, eu jamais imaginei que teria que citar José Luís Datena, quanto mais no título de uma postagem. Mas o que aconteceu em seu “programa” do dia 27 de julho de 2010, na rede Bandeirantes, me força a fazê-lo.

Datena mostrava um caso de homícidio, como é corriqueiro em seu programa, e regurgitava impropérios com as suas já conhecidas arrogância e falta de polidez, quando começou a ligar os crimes horrendos aos quais está acostumado a mostrar (e sem os quais ele não estaria com um programa na TV) aos ateus. Dizendo que pessoas que cometem os crimes são ateus e só o cometem porque são ateus, senão não o cometeriam. AQUI se pode ver parte do conteúdo do programa. Prosseguindo, o apresentador diz que não faz questão de que os ateus o assistam, que o Brasil está desse jeito por causa dos ateus, que ateus “não têm limites”. Ele ainda faz uma pesquisa perguntando, no site do seu programa, se o telespectador acreditava em Deus e, ao ver, no final, que mais de duas mil pessoas votaram NÃO (em torno de 4% do total dos votantes), disse que a maioria votava de presídios e ainda comparou os ateus a “gente do mal”.

Um importante detalhe da matéria é que em momento algum se pergunta aos criminosos se eles acreditam ou não em Deus. Vale lembrar que não há nenhuma pesquisa que comprove que ateus cometam mais crimes que crentes. Trata-se de um caso de injúria e difamação mas, como apenas uma pequena parcela da população é ateia ou agnóstica, e como há uma grande rejeição aos ateus na sociedade brasileira, o caso não teve grande repercussão na mídia, ela não vende.

Em suas declarações ignorantes, sensacionalistas, ignóbeis, preconceituosas etc, Datena tenta fazer valer o ponto de vista de que ser ateu é um pré-requisito para cometer atrocidades, atrocidades essas que mantém seu programa no ar. Ao fazer isso, ele incita sua incauta audiência contra os ateus, aumentando a antipatia das pessoas contra estes, sem nem conhecê-los, a achar que,são menos dignos de confiança. Salvas devidas proporções, o que o apresentador faz é usar o mesmo método de Hitler para incitar ódio aos judeus na Alemanha, enquanto um dizia que os judeus eram o mal da Alemanha outro diz o os ateus são as causas de todas desgraças do Brasil.

No momento em que há tanto esforço por parte de todos os cidadãos realmente pensantes do mundo para acabar com todo e qualquer preconceito, seja ele contra negros, judeus, muçulmanos, brancos, ateus, islâmicos, homossexuais, etc., no momento em que se luta para ter uma maior harmonia entre as diferentes personalidades existentes, para que se evite algumas tragédias geradas por ojerizas sem cerne algum, no momento em que se necessita cada vez mais de pessoas públicas que tenham o poder de disseminar idéias apaziguadoras e centradas, aparece um inconseqüente, que não almeja nada a não ser a audiência de seu programa medíocre, e incita tudo o que é de transgressor, baixo, vil, asqueroso, fazendo ligações inexistentes entre pessoas e causas. E essa incitação sim, essa pantomima, pode gerar pensamentos que acarretem em crimes e atrocidades que esse mesmo néscio divulga pondo a culpa no âmago dos descrentes.

É realmente ridículo. Datena deveria utilizar seu discurso inflamado para pedir EDUCAÇÃO para o povo brasileiro, porque a ignorância é base do ódio. Deveria explicar, para seus desprestigiados telespectadores que por trás de vários crimes estão a falta de instrução, a falta de oportunidade de emprego, a ineficácia do sistema educativo, a falta de perspectiva de vida, a falta de informação de qualidade e o excesso de informação inútil que inunda a tv brasileira através de programas de baixíssima qualidade, como é o caso do “Brasil Urgente”. Mas não a falta de crença.

Devemos lembrar ainda que alguns ateus foram fundamentais para o incentivo e a educação e a ciência, como é o caso de Charles Darwin, que mudou o mundo com sua constatação da evolução, Thomas Henry Huxley que tratou de defendê-la e disseminá-la, Carl Sagan, o maior divulgador científico de todos os tempos e Marcelo Gleiser, o maior divulgador científico do Brasil. Os cientistas Francis Crick, nobel pela descoberta do DNA, Richard Feynman, nobel de física, Linus Pauling, que dispensa apresentações, entre outros tantos notáveis que jamais seriam capazes de cometer crimes como estes que Datena apresenta em seus programas.

Visite o blog COMPLETO.

Confira o CONTEÚDO DO BLOG por ordem de popularidade.

Veja mais críticas

Categorias:Charlatanismo